quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

A voz mais mansa


Atenta sempre para a voz mais mansa, propondo a ação mais calma, desanimando das estripulias e, poderá seguir o bom caminho da paz. Essa voz vem de dentro, da presença sagrada que mora em cada criatura. Ouvi-la é uma arte, requer ouvidos afinados e pacientes. Crescer na capacidade de não gritar, nem consigo mesmo, aquieta a alma. O silêncio organiza para melhor a voz e, a brandura da simplicidade a torna boa. Assim é favorecida a Vida!
Onaldo Alves Pereira

Quão gracioso o caminho que se desdobra em mil para não deixar ninguém de fora!