quinta-feira, 9 de abril de 2009

Costura-me

Costura-me com linhas de amor, coloridas linhas de amor
Desenha-me com traços de amor, coloridos traços de amor!
Pensa-me com pensares de amor
bonitos pensares de amor!
Sente-me com sentidos de amor
bonitos sentidos de amor!

E eu serei, então, de Deus
Seu rosto no mundo a sorrir
sorrisos de terno e belo amor!
Onaldo Alves Pereira